COMPARTILHAR

Por Carplace

A General Motors anunciou investimento alto em pesquisa e desenvolvimento de novos modelos elétricos. Serão 20 novos modelos com propulsão elétrica até 2023. Mas o dinheiro para tal empreitada precisa sair de um lugar, e uma das fontes será a economia com mudanças estruturais na companhia. A partir de 1 de janeiro de 2018, a General Motors América Latina (incluindo Brasil) e Ásia (menos China) se tornarão uma empresa só, sob o comando do atual vice-presidente executivo da GM Latam, Barry Angle. A sede será em Detroit, de onde Angle responderá diretamente ao presidente da General Motors, Dan Ammann.

Ambas as operações perderam dinheiro em 2016. Por isso, serão unificadas. “Nossa estratégia é retornar o foco em operações tradicionais para livrar recursos e financiar o que é realmente importante no próximo capítulo da indústria automobilística”, disse Stefan Jacoby, vice-presidente executivo de operações internacionais da GM.

No Brasil, a Chevrolet é a líder de vendas entre as montadoras e modelos, com o Onix no geral. Na Europa, o grupo não opera mais desde a venda da Opel/Vauxhall para a PSA.

Fonte: Automotive News 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário
Por favor, digite seu nome aqui